Assessoria a você, sua empresa e ao Terceiro Setor

Área do Cliente

Acesso ao andamento dos processos

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Santos, SP

Máx
26ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,62 5,62
EURO 6,37 6,37

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Últimas notícias

AMB lança campanha “Nós por Elas” para apoiar juízas afegãs que chegaram ao Brasil

Suporte para famílias ameaçadas. A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) lançou, ontem (20), a campanha “Nós por Elas” em apoio a juízas afegãs resgatadas em uma operação conjunta inédita entre a AMB e outras associações nacionais e internacionais. A ação visa arrecadar fundos para manutenção financeira temporária das famílias que chegaram ao Brasil nesta semana. Ao todo, 26 pessoas desembarcaram no país, entre filhos e parentes próximos das sete juízas - três delas com maridos também juízes -, que estavam sob ameaça de morte após a tomada do poder por fundamentalistas do Talibã no Afeganistão. Por segurança, a operação ocorreu em sigilo. Os interessados em participar da campanha podem efetuar doações via Pix, utilizando o e-mail pix.nosporleas@fbb.org.br. A chave de identificação, disponibilizada pelo Banco do Brasil, é destinada exclusivamente ao recebimento de doações aos cidadãos afegãos acolhidos. Com a chegada do grupo afegão, a AMB fez tratativas junto ao governo para a concessão de vistos às magistradas e preparou ainda plano de atendimento ao grupo que inclui parcerias com planos de saúde, escolas, atendimento psicológico e outros serviços de assistência. “Nós, toda a sociedade brasileira, homens, mulheres, organizações privadas, entidades governamentais, temos um compromisso social e solidário de fazer com que essas famílias retomem suas vidas. Eles são muito bem formados nos estudos, tinham uma vida consolidada em seu país e deixaram tudo para trás. Precisamos muito do apoio de todos”, destacou a presidente da AMB, juíza Renata Gil. A magistrada informou que as empresas, associações e pessoas físicas que mais doarem serão premiadas com um selo humanitário no próximo congresso da AMB, a ser realizado em maio de 2022. A operação de resgate contou com a participação da a União Internacional de Magistrados (UIM) e da International Association of Women Judges (IAWJ). De acordo com o secretário-adjunto de Relações Internacionais da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), desembargador Walter Barone, que também é integrante do TJSP, vice-presidente da UIM e presidente do Grupo Ibero-americano da entidade, o objetivo foi envidar esforços para a obtenção de vistos humanitários em favor das juízas afegãs. “Foi muito importante que a AMB tenha atuado em coordenação com a UIM e a IAWJ, visto que essas organizações internacionais ficaram responsáveis pela identificação e localização das juízas que estavam escondidas depois da queda do regime, bem como promoveram a sua saída do país, através da equipe em terra, em uma operação de resgate que envolvia grande risco”, afirmou o magistrado. imprensatj@tjsp.jus.br     Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial
21/10/2021 (00:00)

https://wa.me/message/LUJOXVSI

ADVOCACIA MIGUEL FIGUEIREDO

Rua D. Pedro II  85  72
-  Centro
 -  Santos / SP
-  CEP: 11010-080
+55 (13) 32161128+55 (13) 991534095
Visitas no site:  452190
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.